Engenheiros Sem Fronteiras sugerem tecnologias sociais para acampamento cigano

Home / Engenheiros Sem Fronteiras sugerem tecnologias sociais para acampamento cigano

Engenheiros Sem Fronteiras sugerem tecnologias sociais para acampamento cigano

“O grupo de trabalho constituído para construir o plano de ação Brasília Cigana realizou sua segunda reunião, na Sala dos Conselhos da Secretaria Adjunta de Políticas para Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos. O encontro conheceu o trabalho da organização não governamental Engenheiros Sem Fronteiras (EsF-Brasília), que trabalha com tecnologias sociais.

De acordo com a engenheira Bárbara Bressan Rocha, as tecnologias sociais promovem o desenvolvimento sustentável com foco em comunidades carentes, baseando-se em soluções simples, de baixo custo, de fácil aplicação e que envolvem participação coletiva. Segundo ela, a organização EsF surgiu na França, nos anos 1980.

Os representantes da ESF-Brasília falaram sobre tecnologias de bioconstrução que proporcionam conforto térmico no inverno e no verão, tecnologias de saneamento que lidam com águas negras (dejetos) e águas cinzas (como a da pia da cozinha), técnicas de alimentação que reaproveitam partes descartadas de alimentos para compostagem e tecnologias de energias renováveis.”

 

Link da notícia: http://www.mulher.df.gov.br/noticias/item/2824-engenheiros-sem-fronteiras-sugerem-tecnologias-sociais-para-acampamento-cigano.html

 

 

Leave a Comment